Trying to get property of non-object [ On /var/www/virtual/jpop.com/public_html/generatrix/model/youtubeModel.php Line 63 ]
gorduratrans - JPop.com
Artist info
gorduratrans

gorduratrans

gorduratrans


O gorduratrans é um duo carioca de shoegaze e noise rock, com letras em português, formado em junho de 2015 por Felipe Aguiar (guitarra e voz) e Luiz Felipe Marinho (bateria e voz). O disco de estreia, “repertório infindável de dolorosas piadas”, foi lançado no dia 27 de setembro de 2015, pelo selo fluminense Bichano Records, e ganhou destaque em alguns veículos da imprensa musical, entre eles o famoso The Needle Drop e Monkeybuzz. Gravado (com exceção da bateria) Read more on Last.fm
O gorduratrans é um duo carioca de shoegaze e noise rock, com letras em português, formado em junho de 2015 por Felipe Aguiar (guitarra e voz) e Luiz Felipe Marinho (bateria e voz). O disco de estreia, “repertório infindável de dolorosas piadas”, foi lançado no dia 27 de setembro de 2015, pelo selo fluminense Bichano Records, e ganhou destaque em alguns veículos da imprensa musical, entre eles o famoso The Needle Drop e Monkeybuzz. Gravado (com exceção da bateria), mixado e masterizado por eles mesmos no quarto do Luiz, na Baixada Fluminense, o álbum apresenta influências de cânones do shoegaze britânico, como Ride e My Bloody Valentine, fundidos a nomes fortes do underground brasileiro, dentre os quais se destacam Ludovic e Lupe de Lupe. As sete canções, classificadas pelo Altnewspaper como “rock de quarto”, vomitam sentimentos e variam entre melodias lentas (“confusão”, “você não sabe quantas horas eu passei olhando pra você”) e agressivas (“sozinho e babaca”), tendo como norte as complicações da juventude ao lidar com amores e relacionamentos que ficaram pelo caminho, mas que jamais foram esquecidos.

A instrumental “hércules quasímodo”, que tenta soar como o J Mascis compondo a trilha sonora da Guerra de Canudos, abre espaço para “vcnvqnd”, que foi lançada como single em versão diferente da do álbum. A leveza angustiante do número final, “artes”, põe fim à agonia. Read more on Last.fm. User-contributed text is available under the Creative Commons By-SA License; additional terms may apply..

Top Albums

show me more

showing 4 out of 20 albums
Shoutbox
No Comment for this Artist found
Leave a comment


Comments From Around The Web
No blog found
Flickr Images
No images
Related videos
No video found
Tweets
No blogs found