Trying to get property of non-object [ On /var/www/virtual/jpop.com/public_html/generatrix/model/youtubeModel.php Line 63 ]
Ventas de Exterko - JPop.com
Artist info
Ventas de Exterko

Ventas de Exterko

Ventas de Exterko


Depois do fim de Dope Hair Blinders em 2003, nunca mais se ouviu falar de punk em A-do-Pinto ou em qualquer outra zona da margem esquerda do Guadiana. É em Outubro de 2007 em A-do-Pinto, que o Fava, o Leo e o Pipas, amigos de longa data e antigos membros de Dope Hair Blinders decidem que isto não podia continuar assim e decidem por mãos à obra e fazer uma nova banda. Fava, antes vocalista e baixista de Dope Hair Blinders assume agora o lugar na bateria, continuando Leo e Pipas nas guitarras, e assumindo Leo o lugar de vocalista também. Read more on Last.fm
Depois do fim de Dope Hair Blinders em 2003, nunca mais se ouviu falar de punk em A-do-Pinto ou em qualquer outra zona da margem esquerda do Guadiana. É em Outubro de 2007 em A-do-Pinto, que o Fava, o Leo e o Pipas, amigos de longa data e antigos membros de Dope Hair Blinders decidem que isto não podia continuar assim e decidem por mãos à obra e fazer uma nova banda. Fava, antes vocalista e baixista de Dope Hair Blinders assume agora o lugar na bateria, continuando Leo e Pipas nas guitarras, e assumindo Leo o lugar de vocalista também. Fica assim a faltar um baixista, visto que na terrinha e arredores não existe mais ninguém com vocação ou espírito para tocar punk.

O nome Ventas de Exterko surgiu por acaso da boca de um amigo, o Kua, numa daquelas noites em que o alcool controla a vida. Pareceu bem o nome, visto que tem um polo positivo e um negativo, pois tanto pode ser apelativo por ser estranho, como afastar as pessoas por não parecer sério. O que não é um obstáculo, visto que dá vontade de trabalhar para ultrapassar barreiras. Começa-se então a trabalhar nas primeiras malhas, mesmo sem baixo.

Ao principio enveredando um pouco pelo estilo de Dope Hair Blinders de Soft Punk/Comedy, lá foi saindo qualquer coisa, mas depressa se aperceberam que não era isso que queriam. Faltava garra e agressividade, algo que atingisse as pessoas na alma e no coração. Começam então a aparecer riffs mais agressivos e rápidos, passando assim um pouco a barreira do punk para o Hardcore e letras que abordam temas como terrorismo, política e decadência social. Começam a aparecer alguns concertos e é então que se junta á banda o Roza, de Beja, vi ocupando o lugar de baixista apenas nos concertos.

Até à data a banda apresentou-se umas poucas vezes ao vivo e lançou uma demo com gravações de ensaio intitulada “Os porcos chegaram pra ficar”. No verão de 2009 sera editado um EP. Nova alteração na formação, Roza deixa de acompanhar a banda nos concertos por motivos pessoais e profissionais, ocupando o seu lugar o João Português de Beja. Read more on Last.fm.

User-contributed text is available under the Creative Commons By-SA License; additional terms may apply..
Top Albums

show me more

showing 4 out of 18 albums
Shoutbox
No Comment for this Artist found
Leave a comment


Comments From Around The Web
No blog found
Flickr Images
No images
Related videos
No video found
Tweets
No blogs found