Trying to get property of non-object [ On /var/www/virtual/jpop.com/public_html/generatrix/model/youtubeModel.php Line 63 ]
Sestine - JPop.com
Artist info
Sestine

Sestine

Sestine


Quando Márcio Porto, ex-integrante de uma dezena de bandas que nunca chegaram a ensaiar, decidiu gravar suas canções sem a ajuda de mais ninguém, em 2000, resolveu batizar seu novo projeto de Sestine. Cantando majoritariamente em inglês, gravou dois EPs e fez pequenas apresentações em Brasília, em voz e violão, como na Academia Bsb Musical, no festival Orlapalooza e no Gate’s Pub, dentre outros. Mas a corajosa fórmula tinha suas contrapartidas e Read more on Last.fm
Quando Márcio Porto, ex-integrante de uma dezena de bandas que nunca chegaram a ensaiar, decidiu gravar suas canções sem a ajuda de mais ninguém, em 2000, resolveu batizar seu novo projeto de Sestine. Cantando majoritariamente em inglês, gravou dois EPs e fez pequenas apresentações em Brasília, em voz e violão, como na Academia Bsb Musical, no festival Orlapalooza e no Gate’s Pub, dentre outros. Mas a corajosa fórmula tinha suas contrapartidas e, em 2002, Márcio decidiu abandoná-la e ser mais incisivo: convidou os amigos Marcelo Freitas (bateria) e Thiago Soares (guitarras) para um novo Sestine, elétrico, plural e com letras em português. Com essa formação, gravaram mais um EP, A idade da seresta, a ser disponibilizado apenas para download na página da banda. Com os membros da banda cursando os últimos anos da faculdade, a promoção de A idade da seresta restringiu-se a poucas apresentações, incluindo uma primeira experiência fora de Brasília, na vizinha Goiânia. Apesar de poucas, as apresentações foram bem-sucedidas, assim como as defesas de trabalhos de conclusão de curso do trio, a propósito. Depois de dois anos de interlúdio, o Sestine voltava ao estúdio, com a adição de Tiago França no baixo e composições suficientes para encher dois EPs: As engrenagens, onde o rock e o folk de guitarras dão as cartas, e Carros-fantasma, de gravação doméstica e que privilegia o lado acústico, numa volta às origens mais intimistas da banda. Já foi dito que Sestine deveria “tocar para um Maracanã lotado, para uma platéia de anjos, para uma reunião de deuses, para as cadeias e os corredores da morte, e para pessoas como eu e vocês também".

Sozinho, acompanhado por quem você gosta ou em uma platéia dessas, sorria: você está diante de dois discos maravilhosos. Read more on Last.fm. User-contributed text is available under the Creative Commons By-SA License; additional terms may apply..
Top Albums

show me more

showing 4 out of 20 albums
Shoutbox
No Comment for this Artist found
Leave a comment


Comments From Around The Web
No blog found
Flickr Images
No images
Related videos
No video found
Tweets
No blogs found