Trying to get property of non-object [ On /var/www/virtual/jpop.com/public_html/generatrix/model/youtubeModel.php Line 63 ]
Reltih - JPop.com
Artist info
Reltih

Reltih

Reltih


A banda nasce em finais de 1993 com os fins de bandas como (MEGA TNT e CACTOS do DESERTO). Elementos com várias influências musicais começam uma nova aventura. O difícil era arranjar um nome em inglês o que dificultou bastante o arranque da banda. Começamos a inverter nomes dos quais nós éramos opostos, daí o aparecimento do nome RELTIH. Visto que éramos (somos) anti-nazis/fascistas, decidimos ficar com o nome. Arranca-mos a banda com os seguintes elementos: Pepe na Voz, Paulo (gordo) no baixo, Daniel na guitarra e Fanãn na bateria. Read more on Last.fm
A banda nasce em finais de 1993 com os fins de bandas como (MEGA TNT e CACTOS do DESERTO). Elementos com várias influências musicais começam uma nova aventura. O difícil era arranjar um nome em inglês o que dificultou bastante o arranque da banda. Começamos a inverter nomes dos quais nós éramos opostos, daí o aparecimento do nome RELTIH.

Visto que éramos (somos) anti-nazis/fascistas, decidimos ficar com o nome. Arranca-mos a banda com os seguintes elementos: Pepe na Voz, Paulo (gordo) no baixo, Daniel na guitarra e Fanãn na bateria. Gravamos 2 temas intitulados “Já Não Sei” e “Hemorróidas”. Entretanto sai Fanãn da bateria e entra Santos e Costa para as guitarras e Daniel salta pra bateria.

Voltamos a gravar uma demo com 5 temas intitulado de “Oxolou” com um toque punk à la Ratos de Porão, esta a primeira demo oficial. Fazemos vários concertos em 1994 e aí voltamos a gravar uma nova demo em 1995 intitulada de “Bad Dream” já com um toque de Death Metal/Trash Metal. Estas demos nunca chegaram a sair oficialmente, apenas distribuídas por amigos. Lançamos outro demo intitulada de “morte ao fascismo”, destacando a música “Parasita” que saiu na única compilação Punk alguma vez realizada.

Com esta mudança crust/punk, em 1996 a formação fica reduzida ao Gordo e Danihell, juntando-se o Pedro (Marreta) na guitarra, Luís e Nuno na voz. Voltamos a gravar uma nova demo intitulada “morte ao mete-nojo” com algumas musicas da demo anterior e assim oficializa-se a 1ºdemo de RELTIH. O carácter crust já começa-se a vincar nas músicas gravadas, as mensagens anarko-punks surgem com força e as musicas a transmitir assuntos tais como: Anarquia, Vegetarianismo, Anti-fascismo/nazismo, Problemas Ambientais e da Sociedade. Demos 2 concertos e a formação volta a ficar reduzida ao Gordo e Danihell.

Santos regressa à banda em 1997, juntamente com o Eduardo (dudu), altura quando se decide gravar outro demo. Esta toda gravada, misturada e masterizada no mesmo dia. O dinheiro era pouco e assim se gravou esta demo oficialmente intitulada de “palavras para que”. Sem razão aparente a banda sempre gravou algumas covers de bandas que nos iam marcando ao longo dos tempos, tais como, Sub-Caos, Psyco Possessor, Disrupt, Crise Total, etc.

A banda oficialmente termina em finais de 1998. Em 1999 a pedido de um grande amigo nosso LEONARDO do Brasil (luna records), a banda volta a procurar elementos para gravarmos o nosso primeiro LP. Entusiasmados com o convite decidimos procurar elementos para uma nova gravação. Entra Luís (Gadelhas) para a voz e Claudio (Cid) para o baixo, e passa Gordo pela primeira vez para a guitarra.

Preparamos as músicas e vamos para estúdio; Falamos com o João (burning desire studios) e fomos gravar. Decidimos entretanto convidar Hugo aka Mosgo (simbiose) para fazer a 2ªvox com gadelhas. Em finais de 1999 sai o nosso Split LP com os Parental Advisory. Fazemos alguns concertos e voltamos a terminar de vez com os RELTIH.

Ao fim de 7 anos de hibernação da banda, Gordo volta a juntar-se com Danihell. Trazendo consigo Gonçhalo no baixo, Nuno na vox e Sofia na vox. No verão de 2007 voltamos outra vez para estúdio para gravar o nosso 2ºalbum intitulado de “13 years in misery” Read more on Last.fm. User-contributed text is available under the Creative Commons By-SA License; additional terms may apply..

Top Albums

show me more

showing 4 out of 20 albums
Shoutbox
No Comment for this Artist found
Leave a comment


Comments From Around The Web
No blog found
Flickr Images
No images
Related videos
No video found
Tweets
No blogs found