Trying to get property of non-object [ On /var/www/virtual/jpop.com/public_html/generatrix/model/youtubeModel.php Line 63 ]
De Menos Crime - JPop.com
Artist info
De Menos Crime

De Menos Crime

De Menos Crime


De Menos Crime foi formado em 1987 no bairro de Sao Mateus, periferia da Zona Leste de Sao Paulo. Em 1989 passam a fazer abertura em varios shows de rap na regiao. Em 1992 entram para o grupo Mikimba, Wagner e Macale. Dai o grupo passa a fazer shows em varios campeonatos de skate, juntamente com o grupo Charlie Brown Jr. (o qual participa deste penultimo disco).O primeiro disco "Na Sua Mais Perfeita Ignorancia" so aconteceu em 1995, quando o grupo se consolidava como um dos preferidos do publico do rap brasileiro. Read more on Last.fm
De Menos Crime foi formado em 1987 no bairro de Sao Mateus, periferia da Zona Leste de Sao Paulo. Em 1989 passam a fazer abertura em varios shows de rap na regiao. Em 1992 entram para o grupo Mikimba, Wagner e Macale. Dai o grupo passa a fazer shows em varios campeonatos de skate, juntamente com o grupo Charlie Brown Jr.

(o qual participa deste penultimo disco).O primeiro disco "Na Sua Mais Perfeita Ignorancia" so aconteceu em 1995, quando o grupo se consolidava como um dos preferidos do publico do rap brasileiro. O reconhecimento veio com um aumento cada vez maior de seu publico nos shows. Deste disco o destaque foi para o clip de "Policiais", que ficou entre os cinco melhores do MTV AWARDS de 1997 (Brasil), na categoria rap. O grupo voltou aos estudios para gravacao do segundo disco em agosto de 1998 com um novo integrante, Dj Wlad.

O disco foi gravado em Brasilia e produzido pelo conceituado Dj Raffa (Cambio Negro, Gog, Baseado Nas Ruas, etc). Com o titulo de "Sao Mateus Pra Vida" teve a participacao especial de varios grupos da regiao de Sao Mateus como Consciencia Humana, U.Negro, Homens Cranios, Fim do Silencio e Sistema Central Cerebral. "Sao Mateus Pra Vida" tem como subtitulo Do Barraco Para o Mundo", relata como e ser jovem na pobre e esquecida periferia paulistana, onde "prontos para a guerra, o amanha nos espera..." Munidos de farta municao verbal, afiada como lamina, estes rappers "vao a guerra" descarregando seu incoformismo, seja pelo abuso de poder da policia, ou pela violencia explicita que os rodeiam. Tracam um roteiro sincero de suas conviccoes, sem palavras bonitas ou metaforas, agem como verdadeiros sobreviventes de um estado de guerra social.

Read more on Last.fm. User-contributed text is available under the Creative Commons By-SA License; additional terms may apply..
Top Albums

show me more

showing 4 out of 20 albums
Shoutbox
No Comment for this Artist found
Leave a comment


Comments From Around The Web
No blog found
Flickr Images
No images
Related videos
No video found
Tweets
No blogs found