Trying to get property of non-object [ On /var/www/virtual/jpop.com/public_html/generatrix/model/youtubeModel.php Line 63 ]
Alzira E - JPop.com
Artist info
Alzira E

Alzira E

Alzira E


Alzira Maria Miranda Espíndola (Alzira E) cantora, compositora e instrumentista sul mato-grossense, iniciou carreira musical com a participação no grupo com seus irmãos “Tetê e o Lírio Selvagem” . Em 1987, inicia sua carreira solo, grava o primeiro LP “Alzira Espíndola”, produzido por Almir Sater, Alzira neste disco reúne vários compositores da região Centro Oeste,uma música inédita de Renato Teixeira “Homem não chora” e algumas canções autorais entre elas “Vejo a Vida” em parceria com Arrigo Barnabé. Read more on Last.fm
Alzira Maria Miranda Espíndola (Alzira E) cantora, compositora e instrumentista sul mato-grossense, iniciou carreira musical com a participação no grupo com seus irmãos “Tetê e o Lírio Selvagem”. Em 1987, inicia sua carreira solo, grava o primeiro LP “Alzira Espíndola”, produzido por Almir Sater, Alzira neste disco reúne vários compositores da região Centro Oeste,uma música inédita de Renato Teixeira “Homem não chora” e algumas canções autorais entre elas “Vejo a Vida” em parceria com Arrigo Barnabé. Em 1990/95, com Itamar Assumpção e Banda, excurssiona pela Alemanha, Áustria e Suíça. Desta convivência com Itamar Assumpção, iniciada após a gravação da faixa “Adeus Pantanal” no LP “Intercontinental, quem diria”, além de inúmeras parcerias, resultou seu segundo LP/CD “AMME” (iniciais do seu nome completo) pelo selo Baratos Afins, trabalho com o qual foi indicada para o Prêmio Sharp 1992, na categoria de melhor cantora pop. No disco além de suas parcerias com Itamar, grava uma parceria de Itamar e Alice Ruiz “Sei dos Caminhos”. Em 1996, grava seu terceiro disco solo , o CD “peçamme”, selo Baratos Afins, com o produtor e baixista Paulo Lepetit, onde apresenta parcerias com Itamar Assumpção (na sua maioria), Luli, Lucina, Alice Ruiz e Jerry Espíndola.

E novamente uma parceria de Itamar com Alice Ruiz “Milágrimas”. Alzira E a partir de 1996 apresenta uma safra de composições, gravadas e interpretadas por outros artistas As músicas: “Mulher o suficiente”dela com Vera Mota ( Canção do Amor- Tetê Espíndola ), “ Penso e Passo” com Alice Ruiz ( Pouco pra mim- Carlos Navas ), a parceria com Lucina “Maria pode crer”( Inteira pra mim- Lucina) e em 1998 com o próprio Itamar Assumpção, “Já que tem que” (Pretobras- Itamar Assumpção ). Grava com Tetê Espíndola em dueto de vozes, craviola e violão em janeiro de 1998, o CD “Anahí”, releituras de clássicos populares, guarânias e polcas, Movieplay. Trata-se de um encontro de duas irmãs e artistas, com repertório que vem de uma vivência e convivência em comum com a região em que nasceram, o Matogrosso do Sul.

Em 2000, a música “Bomba H” de Itamar Assumpção e Alzira E é lançada na gravação de Ney Matogrosso (no CD Olhos de Farol ). No mesmo ano Alzira E, lança pelo selo Dabliú, em homenagem a cantora e compositora Maysa o CD “Ninguém Pode Calar”, com releituras das composições da cantora. Deste Cd a faixa “Meu Mundo Caiu”, sai em coletânea no CD “Divas do Brasil”, em Portugal. Mas uma vez Alzira se revela nas composições em parceria com Itamar Assumpção no CD Vagabundo , de Ney Matogrosso, Pedro Luis e a Parede, lnaçado no ano (2004) com as canções “Transpiração”e “Finalmente”. Em 2004 participa do Projeto Pixinguinha, junto com André Abujamra, Bebeto Alves e outros músicos brasileiros, na região norte do país e em 2005, em Paris representando o projeto, “Ano do Brasil na França”. Em 2005 lança o CD “PARALELAS” (Duncan Discos).

Músicas em parceria com Alice Ruiz (poeta Paranaensse), com participação de Zélia Duncan e Arnaldo Antunes. No Show e no CD Alice “proclama” suas poesias, dando o clima para cada canção. O trabalho vem celebrar 15 anos de parceria. Em junho de 2006 Alzira E com os irmãos Tetê e Jerry Espíndola, participam do projeto “Água dos Matos”, contemplado pela Natura Musical, que levou música e oficinas, para as populações ribeirinhas através dos Rios Cuiabá e Paraguai numa viagem de barco por 22 dias. Em 2007 lança o CD “Alzira E”(Duncan Discos/ distribuidora Tratore). Um trabalho inédito onde todas as canções são de Alzira&arrudA. arrudA é poeta, autor do blog www.saudadedopapel.zip.net, filho da poeta Eunice Arruda. Se conheceram em junho de 2005 e desde então se dedicam a compor, resultando numa grande safra de canções.

arrudA tem nesse trabalho com Alzira E, sua estréia como compositor. A parceria esteve entre os 12 finalistas no Pêmio Visa Compositores, em São Paulo, agosto/setembro de 2006. E antes mesmo do disco sair, já haviam emplacado frutos por aí: “Chega Disso” está no DVD que registra o show Pré Pós Tudo Bossa Band, de Zélia Duncan; Maria Alcina registrou “Colapso”em seu disco novo; Jerry Espíndola pescou três canções desse lote para seu recente CD. O CD Alzira E , têm a produção musical de Luiz Waack (que também assume alguns violões), um especial time de músicos , Pedro Marcondes, Adriano Magoo, Curumin e ainda a canja quentíssima de André Abujamra na música Kitnet. DISCOGRAFIA 1987 – ALZIRA ESPÍNDOLA 1992 – AMME 1996 – peçAMME 1998 – ANAHÍ – com Tetê Espíndola 2000 – NINGUÉM PODE CALAR 2005 – PARALELAS – com Alice Ruiz 2007 – ALZIRA E PARTICIPAÇÕES Gerações – 2006 ( coletânea Sul- Matogrossense ) Espíndola Canta – 2004 ( coletânea da família Espindola) Villagio Café – 2003 - comemoração de 10 anos O Que Virou – 2003 Pantanal 2000 – 2000 Pop pantanal – 2000 – Jerry Espíndola Pretobrás – 1998 – Itamar Assumpção Bicho de Sete Cabeças Vol II – 1994 – Itamar Assumpção Bicho de Sete Cabeças Vol I – 1993 - Itamar Assumpção Paulo Simões e o Expresso Arrasta pé – 1992 Ouvir/ Birds – 1991 – Ttê Espíndola Intercontinental! Quem Diria! Era só o que faltava – 1988 - (Itamar Assumpção) Pantanal Alerta Brasil – 1987 Instrumental um – 1985 – Almir Sater Piraretã – 1980 – Tetê Espíndola Tetê e o Lírio Selvagem – 1978 GRAVAÇÕES POR OUTROS ARTISTAS Zélia Duncan – 2007 – DVD – “Chega Disso” Ceumar e Dante / Achou –2006 - “Parte B” Gerações – 2006 – “Overdose” Luhli – 2006 – “Lê” Ney Matogrosso e Pedro Luis e a Parede – Vagabundo 2004 - “Transpiração”,”Finalmente” Ney Matogrosso – Olhos de Farol –1998 – “Bomba H” Itamar Assumpção – Pretobrás – 1998 – “Já que tem que” Tetê Espíndola – Canção do Amor – 1995 - “Mulher o suficiente” Mais informações: www.alziraespindola.mpbnet.com.br Read more on Last.fm.

User-contributed text is available under the Creative Commons By-SA License; additional terms may apply..
Top Albums

show me more

showing 4 out of 19 albums
Shoutbox
No Comment for this Artist found
Leave a comment


Comments From Around The Web
No blog found
Flickr Images
No images
Related videos
No video found
Tweets
No blogs found